terça-feira, 28 de junho de 2016

Restaurante paulistano faz piada do baiano preguiçoso e gera revolta no Facebook

                                                               por Caio Lírio
A velha e ultrapassada piada com a fama da preguiça do povo baiano deu o que falar nas redes sociais no início desta semana. Uma usuária postou em seu perfil pessoal no facebook a foto de uma placa de divulgação em frente a um restaurante em São Paulo. O estabelecimento divulgava a venda de pratos típicos da Bahia, mas o que chamou a atenção foi a forma como a publicidade foi feita, justamente em cima do estereótipo do baiano preguiçoso. Eles afirmam no anúncio que fazem "deliciosas moquecas e acarajés iguais aos da Bahia", mas que a única diferença é que lá "fica pronto mais rápido". No texto da foto a internauta revela, "Infelizmente hoje, passeando pelas ruas do Jardins em São Paulo me deparo com essa 'brincadeira', segundo o dono que me cumprimentou enquanto eu fazia a foto. 'Você é baiana, perguntava ele, acho que um pouco sem graça. Sou sim. Você sabe que é uma brincadeira, não é? Huhum, digo eu...Podia no mínimo ter dito: Essa moqueca seguramente não terá sabor de BAHIA”, finaliza. A postagem não desagradou somente a moça, mas muitos usuários da rede, que recompartilharam a imagem e execraram a postura do restaurante. "Nunca tinha feito nenhuma mobilização desse tipo. Sou muito cuidadosa com as redes sociais. Há muita força envolvida, mas estou cansada de ver essas piadas com baianos", disse a dona do post. Confira:

Sem reajuste há quatro anos, CNM solicita mais participação dos Municípios em debate sobre a merenda escolar

A educação infantil é considerada a etapa de ensino de maior custo para os gestores municipais. A Confederação Nacional de Municípios (CNM) lembra que o fornecimento da merenda escolar, especificamente para as crianças de zero a três anos nas creches, tem gerado preocupação aos gestores de todo o Brasil. Os valores repassados pelo governo federal para o custeio da merenda estão congelados desde 2013. O valor transferido é de apenas R$1 por aluno/dia.

A CNM informa que, se esse valor fosse corrigido pela inflação em maio de 2016, o repasse deveria ser de R$ 1,54. Isso representa uma defasagem de 53,8% nesses quatro anos. A insuficiência dos repasses federais em relação ao alto custo do programa de alimentação escolar decorre da não atualização, ao menos pela inflação, dos valores repassados pela União. Ou seja, o reajuste é dado pelo governo federal sem critérios predefinidos.

A União concede o aumento quando entende que deve ser feito o reajuste. Por isso, a Confederação ressalta que o repasse fica muito aquém do que os Municípios necessitam para manutenção dos programas. Diante dessa situação, a CNM reivindica a mudança desse cenário. Em audiências públicas na Câmara dos Deputados, no Senado Federal e junto à presidência do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), a entidade tem sistematicamente reivindicado que seja revertida essa difícil situação vivenciada pelos Municípios.

Logística e cálculo dos repasses
A Confederação explica que, no exercício de sua função redistributiva e supletiva, a União, por meio do FNDE, a União transfere recursos a Estados, Distrito Federal e Municípios à conta do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae).

O Pnae tem caráter suplementar e atende os alunos de toda educação básica, matriculados em escolas públicas, filantrópicas e em entidades comunitárias (conveniadas com o poder público). Os valores repassados à conta do Pnae são calculados de acordo com as matrículas em cada etapa e modalidade da educação básica, apuradas pelo censo escolar do ano anterior ao do atendimento. O repasse é feito em 10 parcelas mensais e cada parcela corresponde a 20 dias de aula.

CNM

segunda-feira, 27 de junho de 2016

QUANDO A ARTE IMITA A VIDA!


AGRADECEMOS A TODOS OS LEITORES DO BLOG ITARANTIM AGORA, PELA CONFIANÇA, CADA VEZ MAIS CRESCEM OS ACESSOS AO NOSSO SITE, OBRIGADO AO GRUPO DIADEMA DE PEDRA E OS NOSSOS PARABÉNS, EM MENOS  DE VINTE HORAS CORRIDAS, A PUBLICAÇÃO DA PEÇA TEATRAL TEVE EXATOS 2. 828 ( DOIS MIL OITOCENTOS E VINTE E OITO) ACESSOS DEVENDO CHEGAR, A MAIS DE CINCO MIL EM TRÊS DIAS!

domingo, 26 de junho de 2016

GRUPO DE TEATRO DIADEMA DE PEDRA DE ITARANTIM FEZ BONITO EM TEÓFILO OTONI MG

O Grupo de Teatro Diadema de Pedra em parceria com o PLUS Artes Cênicas, grupos que vem se destacando artisticamente em nosso município e região, estiveram participando do FESTTO 2016 (Festival Nacional de Teatro de Teófilo Otoni-MG) entre os dias 26 e 29 de maio 2016, representando Itarantim com o espetáculo autoral “A Fogueira!”, escrito e dirigido por Ícaro de Oliveira, juntamente com Edlan Costa, além do trabalho coletivo dos demais artistas da terra no processo de construção dos personagens e no apoio técnico (Taty Goulart, Maria Santos, Hudson Rocha, Williams Silva, Wisley de Jesus, Poliana Botêlho, Victor Oliveira, Pedro Ferreira, Vinícius Rodrigues, Glecio Rodrigues, Iury Alcântara, Alexandre Almeida, Macsuel Silva e José Henrique do Carmo).
O público é parte fundamental desse espetáculo, pois são convidados a participarem de um julgamento conhecendo a verdade cristã ou não, construindo suas próprias regras e tendo a oportunidade de decidir o destino de oito acusados que carregam consigo virtudes e pecados.
Apenas quatro podem ser salvos, os outros quatro são lançados na fogueira. Além de se apresentarem, todos os envolvidos estiveram se capacitando através de oficinas (Performance Teatral – O Corpo é uma FESTA, Fotografia, Circo Aéreo – Acrobacia em Tecido, Elaboração de Projetos, Corpo em Performance, Dança – Do que não está) ministradas por grandes profissionais.
. A programação do Festival ainda oportunizou a interação dos artistas itarantienses com outros de várias partes do país, possibilitando a troca de experiências por meio de rodas de conversa e debates, agregando novos conhecimentos à bagagem dos que ali estiveram. Além disso, todos ainda tiveram acesso a diversas vertentes artísticas e culturais que faziam parte do evento, como espetáculos teatrais, apresentações de dança, intervenções circenses, terno de reis, dentre outras.
Vale ressaltar, que Edlan Costa, um de nossos conterrâneos que lá estavam, é o primeiro ator da região a possuir um DRT. O DRT (sigla de Delegacia Regional do Trabalho) é o registro profissional que o ator e profissionais de outras áreas recebem quando são considerados aptos para trabalharem a nível não amador. O DRT é necessário para que o ator possa trabalhar profissionalmente em emissoras de TV, produtoras de cinema, espetáculos teatrais e demais atividades relacionadas ao trabalho de ator. Sendo que atualmente vive e trabalha em Teófilo Otoni-MG, integrando o Grupo In-CENA, que realiza o FESTTO, é uma das referências de ligação e acesso de Itarantim ao crescimento artístico de nosso município, colhendo os frutos daquilo que vem plantando há tempos com muito talento e dedicação.

A experiência do FESTTO 2016 fica como mais uma conquista de nossos artistas, que tem se comprometido em defender a arte como um instrumento transformador na sociedade, e que agradecem o apoio da Prefeitura Municipal e de todos os envolvidos que contribuíram pra que isso fosse possível!

Texto: Ícaro de Oliveira


































ITARANTIM PERDE ALZINHA FREIRE


O prefeito do município de Itarantim Dr. Paulo Fernandes, manifesta o mais profundo pesar pelo falecimento da Srª. Alzinha Freire
Ocorrido na madrugada deste Sábado.

Alzinha Freire, deixa um legado de integridade, família estruturada e abençoada, conhecida pelos mais próximos como, Irmã Alzinha, dado aos seus anos de vida, dedicados à primeira Igreja Batista em Itarantim, onde fora Tesoureira dedicada por muitos anos, ela, Irmã Alzinha, era uma Reserva Moral da nossa Itarantim, onde, a perda é imensa para toda família e para todos nós, Irmã Alzinha deixa, quatro filhos, Tiniz, Meire, Euda, Lene e dois netos, Felipe e Anna Beatriz 



O Prefeito lamenta o ocorrido e com as mais sinceras condolências, se coloca à disposição da família, nesse momento de grande perda, de grande dor!